Theben AG 1921 a 2011: descubra 90 anos de alta tecnologia "Made in Germany."
Página inicial > Empresa > História

De onde vem o nome Theben?

Sabia que o nosso calendário atual com os seus 365 dias remonta ao calendário egípcio? Nessa época, há 3500 anos, "dia" e "noite" eram medidos com relógios de sol e contadores de água. Os egípcios serviam-se dos obeliscos como relógios de sol.

Se considerarmos a importância crucial das inovações de outrora na vida das pessoas até aos nossos dias, é fácil perceber por que é que o fundador da empresa Paul Schwenk optou, em 1921, por um nome egípcio: Theben. Theben era a capital do Antigo Egito no rico Vale do Nilo. Na 11.ª dinastia (cerca de 2134 - 1991 a.C.) e no posterior Novo Reino (cerca de 1550 - 1070 a.C.), ela desempenha um papel muito importante na história do Antigo Egito.

Theben AG 1921 a 2011: descubra 90 anos de alta tecnologia "Made in Germany."

Aniversário na Theben: em 2011, a Theben AG celebra 90 anos de existência. Em 1921, o mestre relojoeiro Paul Schwenk fundou em Estugarda a sua empresa Paul Schwenk – Apparatebau. Rapidamente pôde registar a "patente para interruptores temporizadores à distância" e a "patente para mecanismos elevadores com motor elétrico para mecanismos de relojoaria acionados por mola". 90 anos depois, a empresa familiar de Haigerloch pertence, com mais de 700 colaboradores, cinco filiais na Europa, um escritório de vendas em Singapura e representantes em mais de 50 países em todo o mundo, aos fabricantes líderes de soluções inovadoras para o controlo de edifícios sustentável e eficiente do ponto de vista energético.

Uma viagem no tempo pela história da empresa

Tudo começou em 1921 com o primeiro interruptor horário para escadas, desenvolvido pelo fundador da empresa Paul Schwenk, para que a luz das escadas não estivesse sempre acesa: nasceu assim o primeiro produto da Theben para poupar energia, que conduziu, em 1930, ao desenvolvimento do bem-sucedido temporizador automático para luz de escadas ELPA.  Desde então ouvem-se muitos rumores sobre este nome: serão as iniciais dos seus dois filhos Ellen e Paul? Ou será a abreviatura de "pêndulo automático elétrico"? Em qualquer um dos casos, "ELPA" tornou-se um sinónimo de interruptor temporizado de luz de escada de alta qualidade e desempenha ainda hoje um papel importante.

"Não percam tempo, ele passa tão depressa!". Paul Schwenk mandou, em 1928, escrever estas linhas de "Fausto" de Goethe no átrio do novo edifício da empresa na Reinsburgstraße 103, em Estugarda. Aí, 30 funcionários distribuídos por cinco pisos produziam relógios para escadas e interruptores temporizados. Já na sua obra em 1917 Paul Schwenk se havia ocupado com a ideia de uma iluminação de escadas economizadora de energia. Nessa ocasião, desenvolveu um "interruptor de 3 minutos para a iluminação das escadas". Em 1930 já se fabrica em série o primeiro temporizador automático para luz de escadas ELPA, com pêndulo e contacto de tubos de mercúrio. O início de uma história de sucesso incrível: com mais de 30 milhões de aparelhos vendidos, ELPA torna-se sinónimo de interruptor temporizado de luz de escada.

Paul Schwenk era um democrata convicto e ocupava uma posição crítica perante o Terceiro Reich. Para fugir à Gestapo em Estugarda, ele procurou uma casa adequada no campo. Encontrou-a em Haigerloch. O antigo restaurante "Rose" transformou-se, após uma dispendiosa remodelação, no novo edifício da empresa.  Depois da morte de Paul Schwenk em 1944 e da reforma monetária no outono de 1948, o seu filho Paul Eberhard Schwenk iniciou a reconstrução da empresa. Rapidamente a empresa familiar se restabeleceu. Chegam novas encomendas e novos rostos juntam-se à fiel clientela, entre eles, Werner Herl, que viria mais tarde a tornar-se gerente. A casa "Rose" torna-se, entretanto, demasiado pequena e inicia-se a construção da nova sede na Hohenbergstraße. Em primeiro lugar mudou-se a produção de peças (prensagem, perfuração e torneamento), seguida de outros setores de produção após a ampliação do novo edifício. Por fim, em 1970, todos os colaboradores da Theben se encontram de novo sob o mesmo teto, grande e moderno, na Hohenbergstraße.

Em 1971 houve muitos motivos para festejar. Por um lado, a empresa completara uns orgulhosos 50 anos de sucesso; por outro lado, os números prometiam um futuro brilhante: 360 colaboradores geraram 18 milhões de marcos alemães anuais. Mais de 300.000 interruptores temporizados foram vendidos em mais de 50 países. O gerente Paul Eberhard Schwenk, grande projetista e organizador, formava, juntamente com o seu cunhado Werner Herl e a mulher deste último, Ellen Herl (nome de solteira Schwenk), a gerência da empresa.

 

Paixão pela inovação

Uma empresa familiar de sucesso reúne o melhor da tradição e da inovação. Nas famílias fundadoras Herl e Schwenk, desenvolver produtos inovadores relacionados com o tema "tempo" é, há quase 90 anos, uma tradição. Em 1977, a Theben registou a patente do "disco de comutação rotativo": ainda hoje ele permite a comutação direta entre o programa diário ou o programa semanal em relógios temporizadores analógicos e termóstatos temporizadores como o RAMSES 782. No mesmo ano foi também patenteado o "temporizador para tomada", que entretanto já foi vendido mais de 30 milhões de vezes.

TERMINA 1000 foi, em 1983, o primeiro relógio temporizador digital da Theben: 2,2 kg de alta tecnologia escondidos na grande caixa branca de 257 x 128 mm. Mas rapidamente as dimensões são reduzidas: o TR 611, com apenas 35 mm de largura, tem seis botões de comando e oferece um conforto de utilização muito elevado.

Há quase 20 anos, a Theben lançou-se no desenvolvimento da tecnologia EIB (hoje KNX) e produz os primeiros interruptores crepusculares e temporizadores compatíveis com BUS. Desde 1995 que a Theben é membro da KNX Association e, juntamente com outros fabricantes líderes, trabalha afincadamente com o objetivo de tornar a KNX num padrão mundial. Em 1984, chegou ao mercado o termóstato temporizador digital RAMSES 797. Com o seu comando à distância por telefone, tecnologia inovadora naquela altura, ele oferecia a possibilidade de ligar o aquecimento através de uma linha telefónica, poupar energia e, ainda assim, chegar a uma casa agradavelmente quente.

A sua paixão pela inovação permitiu à Theben estabelecer, continuamente, novos marcos no setor ao longo dos últimos 90 anos.

 

De Haigerloch para o mundo

O que começou com Paul Schwenk e a sua esposa Lydia em 1921, como empresa familiar em Estugarda, transformou-se numa empresa de sucesso ao nível mundial no setor do controlo do tempo e da luz, no controlo da climatização e na tecnologia de sistema de edifícios KNX: Em 1971 foi fundada a primeira filial de distribuição estrangeira, em França, a "Theben S.a.r.l.". Com a fundação da filial PEZET GmbH em 1973, para a tecnologia dos plásticos e das ferramentas, na zona industrial de Madertal, a produção na sede em Haigerloch foi alargada novamente. Em 1992 foi fundada a filial de vendas italiana em Milão, a "Theben S.r.l.". Com a aquisição e a fundação da filial Timeguard Ltd., em Londres, a Theben investiu, em 1996, na distribuição na Grã-Bretanha. Também o setor das soluções OEM foi ampliado em 2001, criando-se o departamento de vendas "tts - theben technische systeme". Com a aquisição da High Technology Systems AG, Suíça (HTS), em 2007 – o inventor do detetor de presença – a Theben (Suíça) AG passa a Theben HTS AG.

 

Qualidade "Made in Germany"

O povo da Suábia é conhecido pelo seu espírito pioneiro e inovador, por isso, parece normal que a Theben tenha sempre muito sucesso com as inovações e os produtos extraordinários que coloca no mercado. O que não é nada normal para uma empresa desta dimensão é ter um laboratório de testes interno autorizado pelo instituto VDE. Os produtos da Theben são, desta forma, testados ao mais ínfimo pormenor, desde a primeira ideia, passando pelo desenvolvimento, até à produção em série. Um controlo final a 100% na produção garante que não há surpresas desagradáveis depois do fornecimento. A Theben identifica-se claramente com a região: neste sentido, não apenas a sede da empresa e a produção com mais de 25.000 m2 estão sediadas em Haigerloch como também os acionistas da empresa vivem em Haigerloch.

 

Soluções economizadoras de energia na sua forma mais elegante

A maior parte dos aparelhos da Theben trabalha nos "bastidores": os relógios temporizadores digitais ou os atuadores KNX estão integrados nos armários de distribuição e asseguram, a partir daí, um controlo da climatização e da iluminação eficiente do ponto de vista energético. Por outro lado, os produtos da Theben satisfazem também elevadas expetativas do ponto de vista ótico, o que lhes valeu prémios de design internacionais:

 

Entusiasmo para os próximos 90 anos

Olhar para trás é sempre olhar também para o futuro: a sustentabilidade e a eficiência energética tornaram-se, nos últimos anos, mais importantes do que nunca para o desenvolvimento tecnológico e para o desenvolvimento dos produtos. Uma tendência que a Theben confirma com a sua busca empenhada de soluções economizadoras de energia e de recursos e que é recompensada com um grupo de clientes em constante crescimento, tanto em território nacional como no estrangeiro. Pelo aniversário em 2011, o grupo Theben prevê um volume de vendas de cerca de 100 milhões de euros com produtos, sistemas e soluções "Made in Germany".

Aqui, pode descarregar gratuitamente informações da imprensa e material fotográfico relativo ao aniversário da empresa. Em caso de publicação, indique como fonte das imagens www.theben.de e envie um exemplar ao nosso gabinete de imprensa.